sábado, 13 de dezembro de 2008


Essa foto ai, é de ontem a noite. Saí com Nádia, Douglas e Mauro para um pubzinho que eles sempre vão, e tive uma noite extremamente divertida e agradável.
Mas deve ter algum filho de Deus ai se perguntando pq colocar a foto de uma mesa de sinuca, e não uma foto da galera e tals... pois explico.
Ando percebendo que a vida na verdade é um grande jogo... por isso a foto de uma mesa de sinuca. A gente joga o tempo todo, mesmo sem saber e sem querer...um jogo maluco, confuso e as vezes sem o menor sentido, mas um jogo. Como se a vida fosse um jogo de xadrez e nós fossemos as peças do tabuleiro, e mesmo sem saber nós é que vamos conduzindo as regras e os resultados.
Deve ter gente pensando que to chapada, viajando, ou que chupei toxico estragado..kk. mas né isso não.
To dizendo isso, pq no fundo estou percebendo esse grande jogo, que na verdade não passa de uma grande brincadeira do universo com a gente. a gente, ou ele mesmo ( o universo) fica a prova o tempo todo né não... coisas da vida! Alias, coisas da nossa vida.
Eu por exemplo tive que vir pra Paris para descobrir umas coisas interessantes.
Nunca me dei muito com religião, e isso nunca foi segredo para ninguém. Nunca fui dada a rezar, e isso tb não é segredo para ninguém. Sempre fui adepta a centros espiritas, e isso tb nunca fi segredo para ninguém... Pois bem. tive que vir aqui, para descobrir que não tem como fugir de algumas coisas. Tive que sair do Brasil, me ver sozinha , para descobrir a força que tem o famoso Pai Nosso...
Surpresa para alguns, alegria para outros, mas fato consumado... eu ando rezando e não é pouco não... precisei ter que buscar ajuda espiritual para descobrir que algumas coisas me fazem realmente mal, e outras realmente bem... e que meus "amigos espirituais" conseguiram me mostrar que uma dessas coisas que me fazem bem, é pedir forças para Deus, para Nossa Senhora, e acreditar que tudo vai dar certo.
Momentos dificeis eu sabia que enfrentaria. Não tão pesado como alguns que passei a semanas atras. Solidão eu saberia que enfrentaria, mas o silêncio nunca falou tão alto comigo, quase que gritando ao meu ouvido.
O universo mudou as bolas da minha partida de sinuca, e eu demorei um certo tempo para perceber onde tinha que mirar, mas estou percebendo meu lugar na mesa do jogo! E melhor ainda.. aprendendo a jogar.
tem dia que eu acabo errando a mira, e o jogo parece desgringolar.... mas tudo volta para o eixo depois, e assim eu vou levando a vida, entrando no jogo, dando minhas próprias cartas, ou tacadas.
Bom, deu pra perceber que eu não sai de casa hoje né...kkkk.. so pra levar meu carrinho no supermercado.
até amanha

2 comentários:

tavaresjunior disse...

.............. ou, só par aconstar, chego ai daqui a pouco heim.... Bjao e saudades mil.

Anônimo disse...

Vivendo e aprendendo a jogar... Nem sempre ganhando, nem sempre perdendo mas, aprendendo a jogar...
É isso aí. Porisso que eu sempre falo que momentos de solidão também nos fazem bem, a gente aprende a se conhecer...
Que bom que você encontrou algo que te fortalece!
Beijos, Laís